UM FATO, TRÊS VERSÕES



Acabei de ver essas reportagens e fiquei um tanto quanto perplexo, tanto pelo conteúdo quanto pelo fato.
A questão é que houve o terremoto em Áquila (Itália) em 2009 e acabou resultando na morte de 300 pessoas.
O que me chamou a atenção neste caso foi para o desfecho desse fato. A “justiça” italiana condenou os cientistas por não terem previsto o terremoto.


Bem, vamos separar os fatos.
Vamos começar pela análise dos textos:


A primeira reportagem abaixo, da Globo, apresenta alguns fatos, e deixa muito evidente a questão “tranquilizadora” que o governo passou à população. 

http://oglobo.globo.com/mundo/cientistas-italianos-sao-condenados-por-nao-prever-riscos-de-terremoto-de-aquila-6477950


A segunda matéria, um pouco mais neutra, apresenta os dois lados mas não se 

A

 terceira, do ESTADÃO, é totalmente tendenciosa e IRRESPONSÁVEL, não discute os fatos, apresenta apenas uma redação cheia de emoções sem apurar o outro lado.


Principalmente por se tratar do ESTADÃO, o jornal deveria, pelo menos, ter consultado algum pesquisador brasileiro. Eles tinham a OBRIGAÇÃO de apresentar os dois lados. A opinião do jornalista ou da pessoa que copiou alguns trechos das fontes citadas, não teve a mínima boa vontade de pesquisar um pouco mais sobre a matéria e foi tão sensacionalista quanto o Ratinho ou o Datena (que merecem muito mais o meu respeito do que quem escreveu e publicou o que está no site do jornal).

Pois bem, fica a dica para prestar muita atenção no que você lê e escuta.

Quanto a minha opinião sobre este fato.

Vale lembrar que MUITAS VEZES os cientistas são IMPEDIDOS de colocar os reais dados sobre um fato, pura e simplesmente por questões políticas. Qual é o governante que quer colocar sua população em estado de alerta? E se os dados não forem precisos? o alarme será em falso? sim, será, mas é melhor um alarme falso do que uma omissão verdadeira.

Outra coisa é que não existe tecnologia suficiente no ramo da Geofísica que faça a previsão de terremotos. Ora, se a previsão do tempo que é via satélite é incerta, imagina prever um terremoto???

Agora, cá entre nós, ninguém da importância à ciência nessa sociedade corrupta, medíocre e hipócrita que temos. E agora os cientistas serão os culpados? e os cortes do governo em pesquisas científicas que poderiam ajudar melhorar a tecnologia na previsão de várias catástrofes? E a ingerência governamental em maquiar dados sobre um determinado assunto só para se prevalecer politicamente?

Realmente, esse munto tá um lixo.
Espero que haja mesmo um cataclismo em Dezembro de 2012…rsrs
Prof. Ivan Claudio Guedes

Postagens Relacionadas

About the Author

Ivan Guedes

Prof. Dr. Ivan Claudio Guedes, Geógrafo e Pedagogo. Professor de Geografia na educação básica e Docente do curso de Pedagogia da Faculdade Progresso. Coloca todo o seu conhecimento a disposição de alunos acadêmicos, pesquisadores, concursantes, professores, profissionais da educação e demais estudantes que necessitam ampliar seus conhecimentos escolares ou acadêmicos.

Comments

  1. Pois é… e eu te pergunto a quem interessa que tudo o que acontece no nosso mundo seja claro e transparente? Para a escolha dos ministros, o que é levado em consideração? Sua experiência ou o coleguismo? Quanto é investido em educação, pesquisa mesmo, não educação de massa, sem recursos e só pra conseguir um diploma pra ser caixa de mercado? Eu tenho até medo de começar a pensar muito em tudo que acontece em nosso mundo, que é manipulado por poucos, que pensam em seus próprios interesses…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *