COMO FAZER ENTREVISTA PARA TCC



Compartilhe com seus amigos

COMO FAZER ENTREVISTA PARA  TCC

 

COMO FAZER ENTREVISTA PARA TCC

COMO FAZER ENTREVISTA PARA TCC

O uso da entrevista enquanto procedimento metodológico para a produção de uma pesquisa (seja TCC, Artigo, Dissertação ou Tese) tem sido muito empregado, sobretudo nas ciências humanas. Neste breve artigo vamos apresentar como fazer uma entrevista para o TCC de forma correta e objetiva.

Acompanhe todas as postagens sobre Metodologia Científica clicando aqui.

A coleta de dados mediante a entrevista necessariamente será classificada dentro do que entendemos como pesquisa qualitativa. Mesmo aquelas em há geração de estatística, se deve fazer uma análise qualitativa sobre eles.

 

A entrevista, conforme entendimento de Gil (1999), constitui-se em um:

 

procedimento racional e sistemático que tem como objetivo proporcionar respostas aos problemas que são propostos. (…) A pesquisa é desenvolvida mediante o concurso dos conhecimentos disponíveis e a utilização cuidadosa de métodos, técnicas e outros procedimento científicos (…) ao longo de um processo que envolve inúmeras fases, desde a adequada formulação do problema até a satisfatória apresentação dos resultados (GIL, 1999, p. 45).

Objetivos da entrevista para TCC

 

Muitos podem ser os objetivos para realização de uma entrevista para TCC. Conforme Seltiz (1965) apud Lakatos e Marconi (2002, p. 93), listam-se 6. A saber:

  1. Averiguação de “fatos”. Descobrir se as pessoas que estão de posse de certas informações são capazes de compreendê-las.
  2. Determinação das opiniões sobre os “fatos”. Conhecer o que as pessoas pensam ou acreditam que os fatos sejam.
  3. Determinação de sentimentos. Compreender a conduta de alguém por meio de seus sentimentos e anseios.
  4. Descoberta de planos de ação. Descobrir, por meio das definições individuais dadas, qual a conduta adequada em determinadas situações, a fim de prever qual seria a sua. As definições adequadas da ação apresentam em geral dois componentes: os padrões éticos do que deveria ter sido feito e considerações práticas do que é possível
  5. Conduta atual ou do passado. Inferir que conduta a pessoa terá no futuro, conhecendo a maneira pela qual ela se comportou no passado ou se comporta no presente, em determinadas situações.
  6. Motivos conscientes para opiniões, sentimentos, sistemas ou condutas. Descobrir por que e quais fatores podem influenciar as opiniões, sentimentos e conduta.

 

Tipos de entrevistas para TCC

 

Segundo Gil (1999), as entrevistas podem ser classificadas em: informais, focalizadas, por pautas e formalizadas.

 

  • ENTREVISTAS INFORMAIS: menos estruturado o possível – a única diferença entre a conversa informal e a entrevista informal é que há o registro. Vocês vão conversando livremente sobre o assunto.
  • ENTREVISTA FOCALIZADA: é muito semelhante a anterior – a diferença é que você mantém o foco no tema e evita com que seu entrevistado fuja do tema.
  • ENTREVISTA POR PAUTAS:  Esta modalidade já possui uma estrutura básica. Você deve construir os tópicos que serão discutidos e conforme for abordando esses temas, vai riscando. As pautas deve ser ordenadas e deve ter relação entre si. Você enquanto pesquisador faz poucas perguntas e deixa seu entrevistado ir falando livremente à medida que reporta às pautas assinaladas.
  • ENTREVISTA FORMALIZADA (OU ESTRUTURADA): Em que se apresenta uma relação fixa de perguntas em que todos os entrevistados vão responder as mesmas perguntas. Essas perguntas podem ser perguntas abertas ou fechadas.

Lakatos e Marconi (2002, p. 95) listam as principais vantagens e desvantagens de se trabalhar com o procedimento da entrevista:

As vantagens de realizar uma entrevista para TCC:

 

  1. Pode ser utilizada com todos os segmentos da população: analfabetos ou alfabetizados.
  2. Fornece uma amostragem muito melhor da população geral: o entrevistado não precisa saber ler ou escrever.
  3. Há maior flexibilidade, podendo o entrevistador repetir ou esclarecer perguntas, formular de maneira diferente; especificar algum significado, como garantia de estar sendo compreendido.
  4. Oferece maior oportunidade para avaliar atitudes, condutas, podendo o entrevistado ser observado naquilo que diz e como diz: registro de reações, gestos etc.
  5. Dá oportunidade para a obtenção de dados que não se encontram em fontes documentais e que sejam relevantes e significativos.
  6. Há possibilidade de conseguir informações mais precisas, podendo ser comprovadas, de imediato, as discordâncias.
  7. Permite que os dados sejam quantificados e submetidos a tratamento estatístico.
As limitações de realizar uma entrevista para TCC:

 

  1. Dificuldade de expressão e comunicação de ambas as partes.
  2. Incompreensão, por parte do informante, do significado das perguntas da pesquisa, que pode levar a uma falsa interpretação.
  3. Possibilidade de o entrevistado ser influenciado, consciente ou inconscientemente, pelo questionador, pelo seu aspecto físico, suas atitudes, ideias, opiniões etc.
  4. Disposição do entrevistado em dar as informações necessárias
  5. Retenção de alguns dados importantes, receando que sua identidade seja revelada.
  6. Pequeno grau de controle sobre uma situação de coleta de dados.
  7. Ocupa muito tempo e é difícil de ser realizada.
A entrevista para TCC deve atender os seguintes requisitos (LAKATOS; MARCONI, 2002, p. 97):

 

Requisitos importantes. As respostas de Uma entrevista devem atender aos seguintes requisitos, apontados por Lodi (12:9): validade, relevância, especificidade e clareza, cobertura de área, profundidade e extensão:

 

  • Validade. Comparação com a fonte externa, com a de outro entrevistador, observando as dúvidas, incertezas e hesitações demonstradas pelo entrevistado.
  • Relevância. Importância em relação aos objetivos da pesquisa.
  • Especificidade e clareza. Referência a dados, datas, nomes, lugares, quantidade, percentagens, prazos etc., com objetividade. A clareza dos termos colabora na especificidade.
  • Profundidade. Está relacionada com os sentimentos, pensamentos e lembranças do entrevistado, sua intensidade e intimidade.
  • Extensão. Amplitude da resposta.

 

Assista o vídeo em que eu explico um pouco mais sobre os procedimentos para realização de uma entrevista para TCC

 

 

Veja diversos links externos que podem ajudar a compreender melhor sobre a entrevista para o TCC

 

Pesquisas que fizeram uso da entrevista enquanto procedimento metodológico

 

Postagens Relacionadas

Compartilhe com seus amigos

About the Author

Ivan Guedes

Prof. Dr. Ivan Claudio Guedes, Geógrafo e Pedagogo. Professor de Geografia na educação básica e Docente do curso de Pedagogia da Faculdade Progresso. Coloca todo o seu conhecimento a disposição de alunos acadêmicos, pesquisadores, concursantes, professores, profissionais da educação e demais estudantes que necessitam ampliar seus conhecimentos escolares ou acadêmicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *