TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS



Compartilhe com seus amigos

TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS

Conheça as tendências pedagógicas e identifique a concepção pedagógica da escola

 

tendencias-pedagogicas

tendencias-pedagogicas

Conhecer com propriedade as tendências pedagógicas é fundamental para que  o professor identifique a concepção pedagógica da escola. A concepção pedagógica da escola evidencia a visão de mundo e, consequentemente, a visão de escola e o que se espera da educação. Também é aqui que fazemos uso das nossas concepções teóricas para escolher os conteúdos, as ferramentas e o fazer docente em sala de aula.

Aqui nesta postagem estou disponibilizando oito vídeos explicando cada uma das tendências pedagógicas descritas e discutidas pelos Professores Demerval Saviani, Cipriano Carlos Luckesi e José Carlos Libâneo. Recomendo muito a leitura dos livros:

 

 

Mais do que simplesmente conhecer as tendências pedagógicas, esta postagem oferece a oportunidade de refletir e estudar profundamente as tendências. Leia com atenção, estude e discuta cada uma das tendências.

Mais importante do que adquirir o conhecimento para passar em um concurso para professor ou cumprir créditos de uma disciplina do curso de licenciatura, é você realmente compreender as concepções ideológicas de educação e fazer bom uso delas em sua prática enquanto professor.

Bem, seguindo a postagem vamos apresentar cada um dos vídeos disponibilizados sobre as tendências pedagógicas e identificar suas principais características e sua relação com a escola atual.

Basicamente as tendências pedagógicas são separadas em liberal e progressista. Vamos apresentar e discutir cada uma delas.

 

 

O QUE SÃO TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS?

 

As tendências pedagógicas são concepções, são visões de mundo. Cada tendência apresenta as concepções de homem e sociedade e identifica o papel da escola de acordo com esta ideologia. As tendências pedagógicas também expressam uma concepção de mundo de acordo com o contexto histórico em que ela foi pensada. Por isso, é importante se atentar ao contexto histórico que deu início a cada uma das tendências pedagógicas.

 

Acompanhe abaixo o primeiro vídeo que explica o que são tendências pedagógicas.

Após compreender o que são tendências pedagógicas, vamos identificar e diferenciar cada uma dessas tendências. Grosso modo, as tendências pedagógicas foram divididas em dois grandes blocos: tendências liberais e tendências progressistas.

 

TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS: LIBERAL TRADICIONAL

O vídeo abaixo apresenta o conceito de tendência pedagógica liberal. Muito cuidado com o conceito de liberal. Este conceito, conforme explica muito bem o Prof. Fábio Luiz no canal nossa história (clique aqui para assistir) , está muito mais ligado a concepções econômicas, contra a ação de um Estado centralizador, do que sobre a liberdade do indivíduo.

 

O vídeo apresenta e discute a tendência pedagógica liberal tradicional. Esta tendência entende que a escola deve preparar o sujeito para ser integrado a sociedade. Os conteúdos são desconexos da realidade e não há discussões sobre os problemas sociais. É o que chamamos de ensino enciclopédico.

 

TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS: LIBERAL RENOVADA PROGRESSIVISTA

A tendência pedagógica liberal renovada progressivista se apresenta como um movimento de renovação frente à pedagogia liberal tradicional. Esta tendência vem das ações e pensamentos de autores como Montessori, John Dewey, Piaget e Decroly. Se você clicar sobre esses nomes, será direcionado a um grande acervo disponibilizado pela Revista Nova Escola sobre cada um deles.

 

No Brasil, essa tendência, lá por volta dos anos 1920 resultou em um grande movimento que resultou na criação do Manifesto dos pioneiros da educação nova, em 1932. Clique aqui para ler este documento.

 

Veja o vídeo abaixo sobre a tendência pedagógica liberal renovada progressivista, e deixe suas dúvidas e comentários.

 

TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS: LIBERAL NÃO DIRETIVA

A tendência liberal não diretiva é um desdobramento da tendência renovada. Esta tendência foi muito influenciada pelo desenvolvimento da psicologia no decorrer do século XIX, na Europa e nos Estados Unidos. A principal preocupação desta linha de pensamento é com a formação de atitudes. No vídeo abaixo é apresentado o contexto desta tendência e sua manifestação na prática escolar.

 

Os principais pensadores que vão conduzir essa tendência pedagógica são: Carl Rogers e Alexander Neil. Esses autores entendem o professor deve ser muito mais um especialista em relações humanas do que um transmissor de conhecimento.

 

Acompanhe o vídeo abaixo sobre a tendência liberal não diretiva e suas manifestações no ambiente escolar. Pense também, sobre cada uma das tendências pedagógicas, como elas se manifestam nas escolas dos dias de hoje.

 

TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS: LIBERAL TECNICISTA

A tendência liberal tecnicista é fruto do desenvolvimento científico e tecnológico no decorrer do século XX. O pensamento positivista, aliado as questões econômicas e produtivas que dominou a cadeia científica trouxe seus frutos para a escola.

 

Essa tendência pedagógica pode ser entendida, grosso modo, como uma modernização da tendência liberal tradicional (os autores utilizados como referência não escrevem isso, essa é apenas uma proposição minha). Entendo esta tendência como o uso da tecnologia disponível na época por aqueles que entendem o indivíduo (aluno) como tábula rasa.

 

Essa tendência também é fortemente influenciada pela psicologia behaviorista, com Skinner a sua frente, como é explicado no vídeo, acompanhe abaixo e novamente te convido a reflexão: é possível encontrar essa concepção nos dias de hoje?

 

TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS: PROGRESSISTA LIBERTADORA

A principal característica da tendência progressista libertadora é entender que os espaços extraescolares também são espaços de aprendizagem. Claro que a todo progressista compreende a função transformadora da educação, isto é, o indivíduo transforma e atua ativamente sobre o meio. Diferentemente dos liberais, que compreende a escola enquanto reprodutora da sociedade, os progressistas atuam na perspectiva da transformação da sociedade.

A pedagogia progressista é crítica e entende a pedagogia liberal como “bancária”, ou seja, uma educação baseada no “depósito de conteúdos”. A pedagogia libertadora deve, portanto, questionar a realidade.

O grande ícone da pedagogia progressista libertadora é Paulo Freire. Amado por uns, odiado por outros (sobretudo os liberais). Em tempos difíceis de imposição de pensamento, como o que estamos vivendo, muita gente odeia Paulo Freire, sem nem ao menos ter lido algo que ele escreveu. Bem, neste momento não cabe a mim, neste momento, fazer sua defesa, e sim apresentar suas concepções. O debate mais aflorado pode vir com seus comentários no vídeo.

TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS: PROGRESSISTA LIBERTÁRIA

A tendência pedagógica libertária é facilmente identificada como uma pedagogia anarquista. Anarquista aqui, não no sentido pejorativo da palavra, mas sim ideológico. Ela entende a autogestão. Coloca alunos e professores em constantes conflitos para resolução dos problemas e tomada de ações. Ela coloca o sujeito (qualquer um envolvido no processo de ensino x aprendizagem) enquanto autônomo do seu pensamento.

Aqui vale a pena se debruçar sobre os escritos de Celestin Freinet. Um grande revolucionário das ações pedagógicas nos anos 1920 na França. Muitas ideias suas foram trazidas para o Brasil com as migrações no início do século XX. As escolas da região do ABC, na época, faziam uso de muitas das suas ideias. Tanto que foram fechadas e proibidas por Getúlio Vargas (mas isso já é outra história), se quiser saber um pouco mais sobre isso, leia este artigo sobre o Estudo do Meio.

 

TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS: CRÍTICO SOCIAL DOS CONTEÚDOS

Esta última tendência, conforme os estudos de Saviani, Luckesi e Libâneo apontados acima, entende que o conteúdo é a “chave” para a transformação social. Não basta que o conteúdo seja ensinado. É preciso que ele tenha significado, seja socialmente relevante e instrumentalize o aluno para promover a transformação social.

O trabalho do professor é norteado pela relação existente entre o conteúdo e o meio em que está inserido, sendo um motivador para a aprendizagem.

Podemos dizer que esta tendência está presente em boa parte dos nossos colegas professores (inclusive me incluindo aqui). Acompanhe as explicações e demonstrações no vídeo abaixo.

 

TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS: INDICAÇÕES DE LEITURAS

 

Bem, não vou me alongar (mais) nesta postagem. Espero que os vídeos apontados e os textos indicados tenham lhe proporcionado grandes reflexões. Abaixo vou deixar uma lista com a indicação de diversos textos para que você se aprofunde nos estudos.

 

Textos acadêmicos

 

Outros artigos com a minha colaboração

Sites externos sobre as Tendências Pedagógicas

 

Não deixe de comentar e compartilhar com seus amigos.

Um forte abraço

Ivan

Postagens Relacionadas

Compartilhe com seus amigos

About the Author

Ivan Guedes

Prof. Dr. Ivan Claudio Guedes, Geógrafo e Pedagogo. Professor de Geografia na educação básica e Docente do curso de Pedagogia da Faculdade Progresso. Coloca todo o seu conhecimento a disposição de alunos acadêmicos, pesquisadores, concursantes, professores, profissionais da educação e demais estudantes que necessitam ampliar seus conhecimentos escolares ou acadêmicos.

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *