REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA: ABNT

Compartilhe com seus amigos

A referência bibliográfica é uma das normas da ABNT que mais dão dor de cabeça. Por isso, este artigo vai lhe mostrar como fazer referências bibliográficas, apresentando diversos exemplos e modelos para montar a sua bibliografia, conforme a ABNT, NBR 6023/2018.

Nesta outra postagem, apresentei as normas ABNT para referência bibliográfica conforme a NBR 6023/2002. Inesperadamente, em novembro de 2018, a ABNT atualizou a norma e substituiu a NBR 6023/2002 pela NBR 6023/2018. Portanto, esta norma da ABNT é válida a partir de 2019.

Em julho de 2018 dei início a uma série de vídeos no youtube demonstrando passo a passo como montar referências bibliográficas, de acordo com a ABNT, NBR 6023/2002. Entretanto, no final do ano esta norma sofreu algumas modificações. Por isso, agora apresento abaixo as modificações e alterações. Contudo, devo lembrar que já apresentei essas alterações no vídeo no final desta postagem. Da mesma forma que fiz com a NBR de 2002, estou colocando tudo organizado para você poder comparar.

Qual a importância da referência bibliográfica?

A referência bibliográfica tem como objetivo demonstrar para o leitor do seu trabalho aonde você conseguiu determinadas informações. Dessa maneira, também serve para organizar seu trabalho demonstrando seu embasamento científico, tanto para seu TCC, quanto para um relatório de pesquisa, livro, artigo, projeto de pesquisa, ou qualquer outro documento que faça uso de diferentes fontes para construí-lo. Por isso, fazer corretamente suas referências é fundamental.

Dessa forma, pense: e se não fosse preciso construir as referências? Do mesmo modo nós poderíamos utilizar qualquer informação sem ter que comprová-la. De fato, isso descaracterizaria complemente a função da ciência, que é justamente construir novos conhecimentos a partir do que já se conhece.

Saiba mais: conheça todos os textos, artigos, livros e vídeos sobre metodologia científica.

Com o intuito de lhe ajudar a organizar as referências bibliográficas do seu trabalho acadêmico – tcc, artigo, dissertação, tese, relatório ou qualquer outro trabalho que seja preciso montar referências bibliográficas, estou disponibilizando esta postagem.

Logo que fizer uso do Google Acadêmico nas suas pesquisas, atente-se para não copiar as referências bibliográficas dos outros artigos. Procure seguir as normas para monta-las conforme a atualização da NBR 6023 de 2018.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ABNT 6023/2018 – PASSO A PASSO

Veja o vídeo em que eu comparo a NBR 6023/2002 com a NBR 6023/2018

Em primeiro lugar, devo lembrar que sempre que utilizar uma nova bibliografia no seu trabalho, logo depois já construa sua referência. Ou seja, não deixe tudo para última hora, ok?

Pois bem, onde colocar referências bibliográficas no trabalho?

A NBR 6023/2018 apresenta quatro possibilidades, a saber:

  1. No rodapé;
  2. No fim de textos, partes ou seções;
  3. Em lista de referências;
  4. Antecedendo resumos, resenhas, recensões, conforme a ABNT 6028, e erratas.

Onde encontrar referências bibliográficas?

Decerto, encontramos as referências no fim de textos, partes ou seções. Por isso, após os elementos textuais do seu trabalho, abrimos a seção “REFERÊNCIAS”, como no modelo apresentado abaixo.

Como fazer Referências bibliográficas – NBR 6023/2018 –  Informações gerais:

Ao propósito deste artigo, agora vou apresentar como fazer referências bibliográficas corretamente. Para isso, primeiramente, vamos começar pela apresentação geral.

Primeiramente quanto à formatação da sua referência:

  • De conformidade com a norma, o título REFERÊNCIAS deve estar em negrito e centralizado.
  • O espaçamento entre linhas nessa seção é simples. Diferente do resto do seu trabalho em que o espaçamento entre linhas é de 1,5.
  • Entre uma referência e outra, você aplica dois espaços simples.
  • Assim também, outro ponto é que o alinhamento das referências é à esquerda, diferente do resto do seu texto que tem que ser justificado.
  • Você precisa manter um padrão na sua formatação.
  • Ou você coloca o nome completo dos autores em TODOS, ou abrevia seus nomes em todos. Essa é uma escolha SUA. O que você não pode é abreviar uns e escrever em outros.
  • Outrossim, você vai utilizar negrito, itálico o sublinhado? Isto é, escolha um modelo e aplique a todos.
  • Quando for organizar a lista, lembre-se que deve ser sempre em ordem alfabética e conforme as normas da ABNT.
  • Quando o mesmo autor tiver vários trabalhos para referenciar, comece pelo mais recente.
  • Quando tiver mesmo autor você PODE, ou seja, não é obrigatório, substituir por um Traço (particularmente eu não gosto, vai de cada um).

Veja as imagens abaixo.

NBR 6023 Apresentação das referências
NBR 6023 Apresentação das referências
Normas ABNT referências bibliográficas - trecho destacado
Normas ABNT referências bibliográficas – trecho destacado
Normas ABNT referências bibliográficas
Normas ABNT referências bibliográficas

Quando usar in na referência bibliográfica?

O uso do “in”, significa que é parte de uma obra. Essa obra pode ser um capítulo de um livro, uma parte ou seção de uma outra obra (por exemplo, um caderno de resumos, atas, fascículos, etc.). Lembre-se que, conforme a NBR 6.023/2018, o uso do “In“, deve ser em itálico e com o “i” maiúsculo.

COMO FAZER REFERÊNCIAS DE LIVROS:

Para referenciar livros, vamos usar a seção “monografia”. Esta seção inclui livro, ou folheto, manual, guia, catálogo, enciclopédia, dicionário, bem como trabalhos acadêmicos, tais como tese, dissertação, trabalho de conclusão de curso e relatório de pesquisa. Os trabalhos acadêmicos serão apresentados adiante.

Para referenciá-los, os elementos essenciais são:

Autor, título, subtítulo (se houver), edição (se houver), local, editora e data de publicação.

Quando necessário, acrescentam-se elementos complementares à referência para melhor identificar o documento. Elementos complementares podem ser: Título original (no caso de ser uma obra traduzida, o responsável pela tradução e o ISBN, por exemplo). Caso opte por inserir os elementos complementares, faça-os após os elementos essenciais.

Veja os exemplos de referências bibliográficas

  • Referência bibliográfica com um autor;
  • Referência bibliográfica com dois autores;
  • Referência bibliográfica com três autores;
  • Referência bibliográfica com mais de três autores.
  • Referência bibliográfica de livro na internet.

Veja os exemplos abaixo com os elementos essenciais com um autor, dois autores, três autores, mais de três autores e livro consultado na internet:

COMO FAZER REFERÊNCIAS DE LIVROS
COMO FAZER REFERÊNCIAS DE LIVROS

Veja agora como fazer referências de capítulos de livros:

Os elementos essenciais para fazer referências de capítulos de livros, conforme a NBR 6.023/2018, são:

Autor e título da parte, seguidos da expressão In: ou Separata de:, e da referência completa da monografia no todo. No final da referência, deve-se informar a descrição física da parte. Do mesmo modo, quando necessário, acrescentam-se elementos complementares à referência para melhor identificar o documento.

como fazer referências de capítulo de livros
como fazer referências de capítulo de livros

COMO FAZER REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA DE TCC (Trabalhos acadêmicos – TCCs, Dissertações e Teses).

Para fazer as referências de trabalhos acadêmicos (TCCs, Dissertações e Teses), os elementos essenciais são:

Autor, título, subtítulo (se houver), ano de depósito, tipo do trabalho (tese, dissertação, trabalho de conclusão de curso e outros), grau (especialização, doutorado, entre outros) e curso entre parênteses, bem como vinculação acadêmica, local e data de apresentação ou defesa. Do mesmo modo, quando necessário, acrescentam-se elementos complementares à referência para melhor identificar o documento. Como elementos complementares, pode ser inserido o nome do orientador e a quantidade de volumes, ou folhas, conforme os exemplos na imagem abaixo.

COMO FAZER REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA DE TCC
COMO FAZER REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA DE TCC

Como fazer referência bibliográfica de artigo científico.

Em seguida, considerando os artigos científicos, não houve nenhuma alteração sobre como fazer referência bibliográfica de artigo (a não ser em relação à apresentação como já demonstrado acima).

Assim, para ver exemplos e a explicação completa, veja o vídeo abaixo.

Como montar referências bibliográficas de artigos científicos.

Como fazer referência de artigo de jornal e revista

Conforme descrito na NBR, para fazer referência de artigos de jornais e revistas (não acadêmicos) também não houve nenhuma modificação em relação à NBR 6.023/2002 (a não ser em relação à apresentação como já demonstrado acima). Por isso, continua valendo o vídeo abaixo:

Como fazer referência bibliográfica de artigo de jornal e revista.

Como fazer referência bibliográfica de eventos e trabalhos apresentados em eventos

Os elementos desta seção não sofreram nenhuma modificação com a nova NBR 6023/2018 (exceto os itens de apresentação, conforme acima). Por isso, segue-se valendo os dois vídeos abaixo.

Referência bibliográfica de eventos acadêmicos
Referência bibliográfica de trabalhos apresentados em eventos

Como fazer referência bibliográfica de lei

Por mais que a Referência bibliográfica de lei não tenha sido um objeto de modificação pela NBR 6.023/2018, tivemos alguns acréscimos. As leis federais, estaduais e municipais, bem como a Constituição, Decreto, Decreto-Lei, Emenda Constitucional, Emenda à Lei Orgânica, Lei Complementar, Lei Delegada, Lei Ordinária, Lei Orgânica, Medida Provisória, etc., não sofreram alterações. Por isso, verifique no vídeo abaixo. Se acaso se tratar de jurisprudência (acórdão, decisão interlocutória, despacho, sentença, súmula, entre outros) verifique os elementos essenciais e as imagens abaixo.

Como fazer referência bibliográfica de lei.

No caso de jurisprudência, temos os seguintes elementos essenciais a saber:

Jurisdição (em letras maiúsculas); nome da corte ou tribunal; turma e/ou região (entre parênteses, se houver); tipo de documento (agravo, despacho, entre outros); número do processo (se houver); ementa (se houver); vara, ofício, cartório, câmara ou outra unidade do tribunal; nome do relator (precedido da palavra Relator, se houver); data de julgamento (se houver); dados da publicação.

Por conseguinte, ao final da referência, como notas, podem ser acrescentados elementos complementares para melhor identificar o documento, como: decisão por unanimidade, voto vencedor, voto vencido.

Por fim, em ementas e epígrafes demasiadamente longas, pode-se suprimir parte do texto, desde que não seja alterado o sentido. A supressão deve ser indicada por reticências, entre colchetes.

Referência bibliográfica de jurisprudência
Referência bibliográfica de jurisprudência
Referência bibliográfica de Atos Administrativos Normativos
Referência bibliográfica de Atos Administrativos Normativos
Referência bibliográfica de Documentos Civís e de Cartórios
Referência bibliográfica de Documentos Civís e de Cartórios

Referência bibliográfica de filmes

A princípio, ao montar as referências bibliográficas de filmes, a NBR 6023/2018 não trouxe nenhuma modificação. Contudo, a novidade está no exemplo que apresentam para os vídeos do Youtube. Entretanto, mesmo com os exemplos, algumas dúvidas ainda continuam. Igualmente, os elementos essenciais são:

Título, diretor e/ou produtor, local, empresa produtora ou distribuidora, data e especificação do suporte em unidades físicas. Quando necessário, acrescentam-se elementos complementares à referência para melhor identificar o documento.

Além disso, os elementos diretor, produtor, local e empresa produtora ou distribuidora devem ser transcritos se constarem no documento.

Referência bibliográfica de vídeo do youtube
Referência bibliográfica de vídeo do youtube
Referência bibliográfica de filmes e vídeos.

Referências bibliográficas que não sofreram alterações

Ainda que não tenham sofrido modificações, vou listar os vídeos que se mantiveram na mesma norma de 2002.

Referência bibliográfica de documentos iconográficos
Referência bibliográfica de documentos cartográficos
Referência bibliográfica de autoria desconhecida.

Referência bibliográfica de documentos tridimensionais

Documentos tridimensionais, conforme a ABNT (2018), inclui esculturas, maquetes, objetos (fósseis, esqueletos, objetos de museu, animais empalhados e monumentos, entre outros), e possui os seguintes elementos essenciais:

Autor (criador, inventor, entre outros), título (quando não existir, deve-se atribuir uma denominação, entre colchetes), local, produtor ou fabricante, data e especificação do documento tridimensional. Quando necessário, acrescentam-se elementos complementares à referência para melhor identificar o documento.

Referência bibliográfica de documento tridimensional
Referência bibliográfica de documento tridimensional

Referência bibliográfica de documento sonoro

Documento sonoro, conforme a NBR 6.023/2018, é entendido como “documento que contém o registro de vibrações sonoras (palavra, canto, música, entre outros)” (ABNT, 2018, p. 2). A saber, encontra-se na seção de documento audiovisual, na subseção 7.13.3, em que os elementos essenciais são:

Título, responsável pela autoria, compositor, intérprete, ledor, entre outros, local, gravadora, data e especificação do suporte. Para audiolivros, a indicação do autor do livro (se houver) deve preceder o título. Quando necessário, acrescentam-se elementos complementares à referência para melhor identificar o documento.

Ao utilizar parte de um documento sonoro, a saber, os elementos essenciais são:

Título, intérprete, compositor da parte (ou faixa de gravação), seguidos da expressão In: e da referência do documento sonoro no todo, conforme 7.13.3. No final da referência, deve-se informar a faixa ou outra forma de individualizar a parte referenciada. Salvo para audiolivros, a indicação do autor do livro (se houver) deve preceder o título da parte. Todavia, quando necessário, acrescentam-se elementos complementares à referência para melhor identificar o documento.

Referência bibliográfica de documento sonoro.

Referência bibliográfica de correspondência

A fim de normatizar as diferentes formas de correspondências, a NBR 6.023/2018 trouxe uma seção só sobre este assunto. Surpreendentemente, algo que não existia na na NBR 6.023/2002. Esta seção (7.5) inclui bilhete, carta, cartão, e-mail e mensagem eletrônica de redes sociais.

Posto que, os elementos essenciais são:

Remetente (autor), título ou denominação (quando não houver título, você pode atribuir um título para ele de acordo com o objeto), destinatário (se houver), precedido pela expressão Destinatário:, local, data e descrição física (tipo). Quando necessário, acrescentam-se elementos complementares para melhor identificar o documento. 

Referência bibliográfica de correspondência
Referência bibliográfica de correspondência

Postagens Relacionadas

Compartilhe com seus amigos

About the Author

Avatar

Ivan Guedes

Prof. Dr. Ivan Claudio Guedes, Geógrafo e Pedagogo. Professor de Geografia na educação básica e Docente do curso de Pedagogia no Ensino Superior Coloca todo o seu conhecimento a disposição de alunos acadêmicos, pesquisadores, concursantes, professores, profissionais da educação e demais estudantes que necessitam ampliar seus conhecimentos escolares ou acadêmicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.