CORRUPÇÃO NA EDUCAÇÃO:



Compartilhe com seus amigos

CORRUPÇÃO NA EDUCAÇÃO: 

UM RIO DE DINHEIRO QUE NUNCA SECA.

 

Corrupção na educação e mafia da merenda

Corrupção na educação e mafia da merenda

A corrupção na educação tem sido um tema muito presente na pauta dos jornais. Semana passada publiquei aqui no blog a primeira parte da reportagem do Conexão Repórter, intitulado “Os Senhores da Fome“. Escrevi um pouco sobre a máfia da merenda e fiz algumas considerações. Quem não leu, pode ler clicando aqui. No final da postagem, é possível assistir o vídeo.

A segunda parte dessa matéria traz alguns “ganhos” com a ótima investigação comandada pelo Cabrini. Prefeitos que se afastam do cargo, leiloeiros que foram afastados, contratos que foram suspensos, inquéritos e comissões que se formaram, mas, fica a pergunta: E o dinheiro público que foi roubado, será devolvido?
Quantas notícias envolvendo corrupção na educação temos pelo Brasil e quantas vezes a impunidade reinou e o dinheiro não foi devolvido aos cofres?

Alguns exemplos de corrupção na educação:

Falar de corrupção na educação nem sempre é fácil. Via de regra, os “donos do poder” conseguem comprar boa parte da mídia e contam com um exército de seguidores ideológicos. Só para citar um exemplo, desde 2012 que José Bernardo Ortiz (ex presidente da Fundação para o Desenvolvimento da Educação do Estado de São Paulo) responde processo por improbidade administrativa, por superfaturar mochilas escolares através de licitações, com a comissão de 5% do valor em seus contratos. Em apenas um desses contratos, a “gorjeta” teria chegado a R$ 1,74 milhão. Mas, e ai? estamos em 2015 e até agora, nada. A apuração dos fatos é lenta, o tempo passa, e as coisas caem no esquecimento.
Em outro esquema envolvendo uniforme escolar, em São Bernardo do Campo, com um rombo de aproximadamente R$ 4 milhões, o máximo que aconteceu até agora, foi a substituição da secretária de educação. O dinheiro? vai saber por onde anda.
Exemplos de corrupção na educação tem aos montes. No meu texto anterior deixei vários exemplos…

Ficam algumas perguntas:

1. Como é tão “fácil” sabermos o que acontece e as apurações são sempre lentas?
2. Quando há o julgamento, por que o dinheiro não volta aos cofres públicos?
3. Todos os Estados e municípios deste país afirmam categoricamente que não há dinheiro nos cofres públicos. Alguém já se perguntou os motivos?
4. Por que a população tem tanto medo de denunciar os esquemas de corrupção?
5. Defensores da privatização tem a consciência de que essas corrupções acontecem justamente entre as Parcerias Público Privada?
6. Independentemente de partidos políticos, fica claro que a corrupção é um câncer que está acabando (literalmente) com o país?
7. É para isso que querem 10% do PIB na educação?
8. Você vai aceitar isso sem fazer nada?
9. Você tem a consciência de que é o SEU dinheiro que está indo para o bolso de “empresários da educação“?
10. Dá para entender por que a educação no Brasil não vai para frente e por que é importante que ela nunca vá para frente?

Assista o programa completo que trata dessa forma de corrupção na educação.

 

Sua análise, sua crítica e sua sugestão é muito importante.
Compartilhe com seus amigos e deixe seus comentários abaixo.
Um forte abraço
Ivan

Postagens Relacionadas

Compartilhe com seus amigos

About the Author

Ivan Guedes

Prof. Dr. Ivan Claudio Guedes, Geógrafo e Pedagogo. Professor de Geografia na educação básica e Docente do curso de Pedagogia da Faculdade Progresso. Coloca todo o seu conhecimento a disposição de alunos acadêmicos, pesquisadores, concursantes, professores, profissionais da educação e demais estudantes que necessitam ampliar seus conhecimentos escolares ou acadêmicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *